Os Livros Brancos da Defesa. Para que servem?

              "A França ao concluir, no espaço de um ano, a elaboração de um novo Livro Branco de Defesa não cometeu os erros que impediram o sucesso da tentativa que Portugal fez em 2000. O assunto foi assumido pelo Presidente que estabeleceu os objectivos a atingir e nomeou uma comissão com uma alargada representatividade e forte peso político …."


Convidamos aos leitores do UFJF/Defesa a lerem este interessante artigo, de autoria do Vice-almirante(R) da Marinha Portuguesa, Alexandre Reis Rodrigues, publicado no site "Jornal Defesa e Relações Internacionais", Portugal, no dia 02 de julho de 2008, que nos autorizou sua publicação no Brasil, no momento em que o país aguarda definições para um PLANO ESTRATÉGICO NACIONAL DE DEFESA - PEND, previsto para ser apresentado em setembro próximo pelo Ministério da Defesa.


                                               Para ler o artigo Clique aqui.