Ministério da Educação
Governo Federal - Brasil, um país de todos

LANÇAMENTO DE LIVROS - JUNHO 2017

Livros: Blindados no Brasil Vol - 1, Vol - 2; Renault F-17, Blindados no Haiti & Motorização no Exército Brasileiro 1906-1941

RELEASE LIVROS - COMO ADQUIRIR

Difusão de Notícias

Novidades UFJF/Defesa e Centro de Pesquisas Estratégicas
ORIGENS DA QUESTÃO SOCIAL NO BRASIL, SEGUNDO ARSÊNIO EDUARDO CORRÊA
Centro - História do Pensamento Estratégico - No âmbito brasileiro
07-Dec-2017

      

      É falso que a questão social começou a ser equacionada no Brasil por Getúlio Vargas (1883-1954). O líder são-borjense só procedeu a fazer uma consolidação das leis já existentes, colocando-as no contexto autoritário ensejado pela Segunda Geração Castilhista, que deu lugar ao varguismo. Mas a questão social começou a ser debatida - num clima democrático - já no início do ciclo republicano. É o que mostra o estudioso das questões sócio-políticas da República nos últimos decênios, Eduardo Arsênio Corrêa, diretor executivo do Instituto de Humanidades em São Paulo.

 

Para ler o artigo na íntegra, CLIQUE AQUI. (240KB)

 
O conceito de Nação em armas: rumo à emancipação da cidadania
Estratégia Urbana e Cidadania - Estratégia Urbana e Cidadania
30-Nov-2017

       A posse e o porte de armas para uso privado sempre foram alvo de fortes restrições e, ao longo da história, via de regra apresentaram-se como um privilégio reservado aos ricos e poderosos. Na Europa do século XVII, por exemplo, somente os nobres mantinham este direito. Entretanto, com o estabelecimento da primeira colônia inglesa na América do Norte no ano de 1607, a necessidade de defesa coletiva face um mundo inóspito, impôs que em pouco tempo fosse concedido a todos os colonos que mantivessem uma arma em seu poder. Ocorre então uma mudança de paradigma:...

Para ler o artigo na íntegra, CLIQUE AQUI. (182 KB)

 
ESPANHA INVERTEBRADA, SEPARATISMO E NACIONALISMOS
Centro - Estratégia Contemporânea - No âmbito geral
23-Nov-2017

      A onda separatista que como coqueluche percorre a Europa e que teve o seu ápice no caso da Catalunha com a declaração de independência, pelo Parlamento Catalão sob a inspiração do líder regional Puigdemont, é um fantasma que, vez por outra, assombra aos espanhóis. José Ortega y Gasset em España invertebrada (1922) debruçou-se sobre o tema, colocando-o no contexto dos nacionalismos locais e do movimento pendular que os acompanha. Para o grande pensador, Espanha estava sofrendo desse mal na...

Para ler o artigo na íntegra, CLIQUE AQUI. (128 KB)

 
BRASIL INVERTEBRADO
Centro - História do Pensamento Estratégico - No âmbito brasileiro
21-Nov-2017

        Faço referência no título deste artigo à obrinha de Ortega y Gasset intitulada: España invertebrada (1922). Nela, o grande pensador criticava a falta de espírito público vigente na Espanha, às vésperas da Guerra Civil. Cada um no seu canto, com a sua bandeira. A Espanha de então era como o Brasil de hoje, dividido em patotas. Cada um zelando pelos seus interesses individuais, mas sem...

Para ler o artigo na íntegra, CLIQUE AQUI. (126 KB)

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>